6 dicas de política de recursos humanos para alcançar os objetivos da empresa

Deixar um comentário

Lidar com pessoas em uma organização pode ser uma tarefa difícil para quem não possui bem definida a sua política de recursos humanos. Afinal, ela consiste em um conjunto de regras e normas que ajudam a empresa a conduzir os colaboradores de forma que a atuação deles esteja alinhada às metas e objetivos do negócio – o que resulta em crescimento.

Política de recursos humanos é guia estratégico

A política de recursos humanos (RH) é uma série de diretrizes que servirão como guia para que a empresa faça a gestão dos funcionários de forma estratégica, com o objetivo de alcançar as metas traçadas para o negócio.

É a partir dela que a empresa estabelece condutas para o dia a dia organizacional. Dessa forma, fica mais fácil cumprir os objetivos empresariais e aprimorar o desenvolvimento corporativo.

política de recursos humanos
Política de recursos humanos serve como guia para a estratégia da empresa: Foto: iStock, Getty Images

6 dicas para definir a política de RH

Confira seis tópicos importantes na hora de planejar a política de recursos humanos.

1. Plano estratégico

O primeiro passo é o desenvolvimento de um plano estratégico de RH, uma série de informações que servem como guia para a elaboração de ações na organização. Ele deve conter estratégias para que a empresa cresça. Por isso, faça uma avaliação do ambiente de trabalho e sua situação atual, planeje metas, objetivos e não esqueça de estabelecer condutas para alcançá-los.

2. Recrutamento e seleção

É necessário estabelecer procedimentos que sirvam como padrão para as contratações da empresa. Para isso, defina os critérios que serão levados em conta na hora de recrutar e selecionar profissionais. Certifique-se de que as estratégias sejam adequadas para que a empresa e contrate os melhores candidatos, a fim de diminuir a taxa de rotatividade.

3. Treinamento de profissionais

O treinamento de profissionais é um investimento que auxilia no alcance de metas. Por isso, defina como ele será oferecido aos funcionários e quais serão os assuntos abordados. Aulas ministradas por um integrante da empresa e cursos são opções. O importante é que eles participem de atividades que gerem capacitação e desenvolvimento.

4. Avaliação de desempenho

Na hora de elaborar a política de recursos humanos, analise qual sistema é mais adequado para avaliar a atuação dos funcionários. Troca de feedback, análise de resultados gerados para a empresa e estabelecimento de metas são estratégias possíveis. Defina a frequência da avaliação de desempenho, os critérios utilizados e quem ficará responsável pela tarefa.  

5. Clima organizacional

Aplicar pesquisas de clima organizacional é o instrumento ideal para que a empresa possa colocar estratégias em prática para aumentar os índices de motivação, engajamento e comprometimento dos funcionários.

Além disso, para melhorar o clima organizacional, medidas como a oferta de planos de saúde e de carreira, seguro de vida e outros benefícios são válidas.

6. Remuneração

Não esqueça de incluir esse item na política de recursos humanos. Estabeleça como será feita a remuneração dos funcionários: por horas trabalhadas e cargos, por exemplo. Também estipule os critérios para aumento de salário e bonificações, dependendo da atuação do profissional.

Com esses tópicos em mente, ficará mais fácil criar uma política de recursos humanos em sua empresa. Agora, que tal fazer essas definições?

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus seguidores nas redes sociais.

Matérias relacionadas:

Conheça 6 boas práticas de recursos humanos para pequenas empresas

Conheça opções de cursos de recursos humanos online

Saiba como começar um negócio de consultoria de RH

Práticas de RH: veja 4 ações indispensáveis para pequenas empresas

5 características de um bom profissional de recursos humanos